História

MEMORIAL E TÍTULOS

Fundado em 1º da Maio de 1963 pelo industrial José Feijó de Sá, o Icasa que recebeu o nome da empresa do ramo de algodão “A Icasa”. Levando na camisa a cor verde da folha de algodão e no calção o branco da pluma, surpreendia os juazeirenses como agremiação para a prática de futebol.Logo em seu primeiro ano de existência, a equipe de futebol conquistava brilhantemente o campeonato local. Era um sintoma claro de que o Icasa vinha disposto a quebrar a hegemonia até então em poder do seu co-irmão, o Guarani, conquistando assim uma grande legião de torcedores. No ano seguinte, em 1964, o alvi-verde do Cariri conquistava o vice-campeonato e também o título de campeão do torneio comemorativo do Centenário da Cidade de Missão Velha.
O Icasa, mostrando toda sua potência, tornava-se Octacampeão Juazeirense ininterrupto nos seguintes anos:

* Campeão Municipal em 1965;
* Bicampeão Municipal em 1966;
* Tricampeão Municipal em 1967;
* Tetracampeão Municipal em 1968;
* Pentacampeão Municipal em 1969;
* Hexacampeão Municipal em 1970;
* Heptacampeão Municipal em 1971;
* Octacampeão Municipal em 1972;

Diante da Máquina de Vitórias, a grande torcida Icasiana via sua amada agremiação a cada final de campeonato arrebatar com galhardia o título máximo da terra do Padre Cícero. Mas a grandeza do Icasa não poderia ficar restrita ao Cariri.
O público de Fortaleza, Sobral e Quixadá, também estava desejoso de ver em ação o famoso esquadrão juazeirense que já se projetara além de fronteiras.
Eis que em dezembro de 1972 a grande e agradável notícia:
o Icasa filiava-se à Federação Cearense de Futebol, e a partir do ano de 1973 iniciava sua participação no Campeonato Cearense, mostrando sua força e hegemonia. Após várias tentativas de dirigentes locais, eis que surge Zacarias Silva, desportista ambicioso, e visionário que acreditou e consegui colocar o Icasa no cenário nacional como time de vitórias. Dentre os títulos conseguidos pelo Icasa nos últimos anos, destacamos os excelentes feitos:

Campeão Cearense de 1992;
Vice-campeão Cearense 1993;
Campeão Cearense do 1º turno 1995;
Vice-campeão Cearense de 1995;
Campeão Cearense Segunda divisão de 2003;
Campeão do 1º turno de 2005;
Vice-campeão Cearense de 2005;
Participação do Campeonato Brasileiro serie “C” 2005;
Participação na Copa do Brasil de 2006;
Participação do Campeonato Brasileiro serie “C” 2006;
Vice-campeão Cearense 2007;
Participação do Campeonato Brasileiro serie “C” 2007;
Participação na Copa do Brasil em 2008;
Campeão Cearense do 1º turno de 2008;
Vice Campeão Cearense de 2008;
Campeão Cearense serie “B” 2010;
Participação no Campeonato Brasileiro serie “B” 2010

Era Cruel

Por motivo de força maior o então presidente Zacarias Silva, afasta-se do Icasa no ano de 1996, e para tristeza de toda família icasiana em seguida o Verdão do Cariri, estaria sendo substituído pelo então, Juazeiro Empreendimentos Esportivos Ltda, que anos depois viera a cair para segunda divisão do campeonato estadual, foi um fracasso geral para o futebol caririense.
Em 2001, o ex-dirigente Zacarias Silva fora procurado por torcedores, empresários, forças políticas e imprensa regional para tentar ressuscitar o atual e tão querido Verdão do Cariri. O ex-dirigente Zacarias Silva, realizou pesquisas junto à UECE, e ficou constatado a aprovação de 90% da população pelo retorno do verdão. Agora só restava a aprovação do conselho deliberativo e a Federação Cearense de Futebol. O empresário e ex-dirigente Zacarias Silva, logo procurou articular-se com a federação e os clubes filiados e conseguiu por unanimidade reintegrar o Verdão do Cariri no cenário esportivo estadual, ingressando na segunda divisão.

Agora, não mais Icasa Esporte Clube, e sim, Associação Recreativa Desportiva e Cultural (Icasa). A associação Icasa, foi fundada por Zacarias Silva de Souza em 07 de janeiro de 2002.

Era dos sonhos “Projeto 10 anos”

O então dirigente Zacarias Silva, lançou o “Projeto 10 anos”, com objetivos ambiciosos e futurísticos, tais como:
- Conquista do título da segunda divisão.
- Conquista do título da primeira divisão.
- Participação na série C do brasileirão.
- Participação na série B do brasileirão.
- Participação na Copa do Brasil.
- Projeto social com garotos da região no incentivo ao esporte.
- Construção do Praxedão.

Escudos:

1° escudo 2° escudo (atual)
Uniforme Mascote

Uniforme 1:
Camisa Verde, calção verde e meias verde e branco
Uniforme 2:
Camisa branca, calção Branco e meias verde e branco

 

O dirigente Zacarias Silva, conduziu o Icasa de 2002 à 2006. Em 2003 realizou a primeira conquista, Campeão Cearense da segunda divisão, com duas rodadas de antecipação. Em 1995 conquista 1º Turno do campeonato cearense. No mesmo ano, sagrou-se vice-campeão, pleiteando a vaga na série “C” para 2005 e Copa do Brasil para 2006.

Em 2006, o Verdão do Cariri, mesmo perseguido pelo sistema administrativo da Federação junto aos clubes da capital, continuou a seqüência de vitórias e sucesso, ficando em terceiro lugar conquistando a vaga para a série “C”, custeado pela CBF. Ao terminar o campeonato estadual, como já havia anunciado, o dirigente Zacarias Silva, cumprindo seu mandato, afasta-se da diretoria, autodenominando-se apenas torcedor de honra, passando a responsabilidade para os dirigentes, Luis Pereira Filho e Kleber Lavor, a quem acredita serem os mais preparados desportistas para continuarem com sucesso o Projeto 10 anos.

Em Outubro de 2007, Zacarias SIlva assume a diretoria Icasiana, onde por sua vez, leva o Verdão a conquistar em 2008 o 1º Turno do Campeonato Estadual, o vice-campenato do mesmo e dirigiu o Icasa na participação em duas competições importantes: Copa do Brasil e Serie “c” do Campeonato Brasileiro, garantindo também a participação no ano seguinte.

Diante do projeto visionário, Zacarias Silva, concluiu o tão sonhado Centro de Treinamentos e Clube do Verdão do Cariri (Praxedão). O Praxedão está localizado em área nobre de Juazeiro do Norte, na Lagoa Seca,onde é utilizado pelas categorias de base, bem como pelo time principal.

Na atual gestão do clube, presidido pelo Sr. Francisco Paz de Lira, o Icasa vêm desbancando fronteiras e destacando-se no cenário nacional o qual já fez história, uma das marcas foi a classificação histórica do clube no Campeonato Brasileiro Série B 2013, posicionando-se em 5º lugar e bem próximo do seu objetivo principal que é a permanência na competição. No entanto otn_livro 3102013 031 presidente projeta. ” Com nosso objetivo principal alcançado, que é a pontuação necessária para a pernamência na série b, vamos sim lutar com todas as forças para classificarmos ao G4 e alçarmos vôos na busca do acesso à série A do Campeonato Brasileiro”. A atual gestão escreve uma bela e promissora história no Verdão do Cariri. Além das campanhas sociais e beneficentes com repercussão nacional, a atual gestão preocupada com o acervo histórico do clube, participou recentemente do lançamento da 1º literatura infanto-juvenil do Icasa. Intitulado “Icasa do Meu Coração” e escrito por Alemberg Quindins, a história do alviverde caririense será fomentada em todo o país e transpondo barreiras intercontinentais. ” A literatura foi o passo inicial para o fomento a história do clube. Outro fator importante será a concessão por parte do escritor Alemberg Quindins de parte dos recursos adquiridos com a venda do livro para a construção do Museu do Icasa, que será sem sombra de dúvidas um acervo grandioso e merecedor dos mais diversos elogios. São parcerias como esta, que abrilhantam ainda mais e nossa gestão preocupada com o  papel que o clube exerce na sociedade.”

Patrocínio

logo siker

 

logo siker

logo siker

logo siker

Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte

 

 

 

 

avatar_governo_do_ceara-01-01

 

Newsletter


abril 2014
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930